Catch me if you can .


Mulher é uma coisa muito complicada, não é? Definitivamente, deveríamos vir com manual de instruções. Mas se mulher por si própria já é a complicação em pessoa, imagina a mulher junto à problemática do "relacionar-se"!

Existem aquelas que se apaixonam perdidamente, largam tudo por causa do homem, vivem a vida dele literalmente, essas eu costumo chamar de "mulherzinhas". Aí, tem aquelas que ficam com o cara em uma noite, ficam extremamente iludidas porque ele disse que ia ligar e não ligou (normal), sempre quebram a cara, mas são brasileiras e não desistem nunca. Tem as que estão entrando na casa dos 30-35 e estão atirando pra todos os lados, pois "precisamos casar um dia". Tem as que querem namorar mas não querem, de jeito nenhum, largar a vida de solteira...opa! Era justamente aí que eu queria chegar...

É possível namorar sem largar a vida de solteira? Acho que não, hein...muito difícil mesmo! Será que existe um cara que não se importe porque você ama sair (e sai) com as suas amigas, encher a lata e falar besteira a noite toda, no outro dia morrer de rir das presepadas da noite passada...que não se importe porque você vai viajar sem ele, não se ofenda quando você disser que tá afim de ficar sozinha, enfim...existe isso?

Eu me encaixo nesse tipo de mulheres, AMO minha vida de solteira, mas também acho que seria bem interessante ter um namoradinho...é tão legal você ter com quem dividir suas emoções, ter alguém te esperando em casa todos os dias, dormir de conchinha (ai,ai), sexo garantido, filminho de baixo dos edredons, muita pipoca...é ótimo! Mas tudo tem seu preço, no meu caso, pagaria com a minha preciosa liberdade, não sei é bom negócio. Pode ser que seja egoísmo também, querer tudo ao mesmo tempo, sem pensar nos sentimentos alheios, mas é como eu me sinto e sei que existem outras pessoas que pensam assim também. Isso complica demais minha vida afetiva, porque eu ainda não me deparei com nenhum homem que tenha sido capaz de me prender, fazer eu sossegar o faixo, mas eu vou levando com muito humor, afinal de contas, enquanto eu não acho esse santo (porque pra me aturar tem que ser um santo e ter uma paciência de Dalai Lama) ou ele não me acha, vou me divertindo com os diabinhhos...ainda tô achando isso tão legal, vamos ver daqui a um tempo...

Beijos,
Anita.

12 disseram quem é que manda !:

L. disse...

Exatamente!

Kesy disse...

Hum... tô exatamente na mesma situação que vc!!
Querendo o conforto do namorado e os proveitos da solteirice... não sei se é possível, mas venho conseguindo!
Só que não estou me sentindo tão completa quanto eu gostaria, e acho que em algum momento alguém ainda vai se maxucar feio...

Mas a gente é nova ainda, e tem muito pra viver, e fazer besteira pra aprender a consertar depois!!

Beijos

Desabafando disse...

"Eu me encaixo nesse tipo de mulheres, AMO minha vida de solteira, mas também acho que seria bem interessante ter um namoradinho..."

Eu tb me enquadro nesse tipo...gosto da minha liberdade, de fazer o que eu quero, mas acho que seria bom ter alguém. É meio contraditório não. Será que dá pra dosar isso? Se descobrir me avisa!

Quem é tua Dona? disse...

Gostaria muuuito de saber..

Dama de Cinzas disse...

Depois de dois casamentos eu to amando minha vida de solteira novamente! Nossa que coisa boa beber todas na hora que quiser, fumar sem se preocupar se a casa vai ficar com cheiro de cigarro, comer o que quer na hora que quer, ver exatamente o filme que tem vontade, dentre tantas outras coisas...

Quero curtir isso até enjoar, se é que vou enjoar... rs

Beijocas

(Carlos Soares) disse...

Como sempre polêmica ,hein menina? O texto tem vários pontos legais,concordo com uns e outros não. Mas cá pra nós.É muito bom ficar de rosto colado,isso é.
Quase escrevi sobre os dengos das muheres neste fds, mas como não achei o fio da inspiração, temendo falar bobagem, e elas caírem de pau em mim,rs rs, pensei melhor adiar,apesar que só ia falar bem.Você ainda é uma amiga nova minha, mas as antigas sabem o quanto gosto e respeito as mulheres.Sewmpre tive e precisei de uma presença feminina em minha vida, seja irmas, mãe, maigas,namoradas, professoras. Complicadinhassim, mas não vivo sem elas.Quando escrever sobre o dengo das mulheres te aviso e pode cair de pau se achar que deve ok?Beijos

Safa e Fada disse...

Anita, adorei o nome do blog! Muito atrativo!

Parabéns! continue acompanhando agente

;) beijo Safa

Se o "se" não tivesse ficado só no "se" disse...

Olha, n é querendo me gabar não, mas até que eu achei um homem assim viu....ele me deixava sair pra balada com as amigas, ainda cuidava da minha ressaca no outro dia, tudo bem viajar, ou dormir na casa da amiga, e qd queria ficar sozinha, eu falava: Agora tá na hora de ir embora, e ele ia de boa. Mas aí eu senti falta de um ciuminho, um não de vez em qd....é, a gente nunca está contente com nada, essa que é a verdade!

Marcélia Macidália disse...

Hum...tópico interessante!Minha liberdade custou caro e não troco por nada. Engraçado como é difícil os homens aceitarem um comportamento feminino tão individualista e eles adoram agir assim...nada contra,pois, sou totalmente a favor de que não precisamos viver que nem gemeos siameses para nos amarmos. Eu ainda estou solteira, depois de um casamento que não deu certo.Aliás, casamento não, uma prisão domiciliar e cá estou eu...à espera daquele cara que queira viver um amor bem gostoso sem que um ou outro precise anular sua vida em função disto.
Adoro estar por aqui e estou esperando que vc me siga viu, danada!

meus instantes e momentos disse...

ótimo texto.
Muito bom.
Deixe a vida acontecer....continue assim.
Tenha uma feliz semana.
Maurizio

Da Silva disse...

Casada ou solteira, tem que haver algum espaço pra individualidade e para os amigos. Isso vale para os dois e essa necessidade não impede um relacionamento estável.

A única exigência incompatível com a solteirice é a fidelidade. Se você ainda não está preparada para ficar só com uma pessoa, nem pense em se meter num namoro ou casamento.

bj

Da Silva disse...

Casada ou solteira, tem que haver algum espaço pra individualidade e para os amigos. Isso vale para os dois e essa necessidade não impede um relacionamento estável.

A única exigência incompatível com a solteirice é a fidelidade. Se você ainda não está preparada para ficar só com uma pessoa, nem pense em se meter num namoro ou casamento.

bj